Exemplos de disrupção: casos Kodak e Netflix

"Hoje, se você não faz disrupções na sua própria empresa, alguém fará isso por você; seu destino é ser o disruptor ou desaparecer. Não há meio termo." Salim Ismail

Caso 1: Kodak e a Disrupção Tecnológica

A primeira câmera digital não tinha a mesma definição da foto em papel, nem podia satisfazer os consumidores. Curiosamente, a Kodak, a empresa que a inventou, sofreu com a disrupção pela sua própria criação, ao enfrentar o Dilema do Inovador e decidir proteger seu principal negócio, os então populares rolos de fotos, escondendo sua invenção.

Caso 2: Disrupção do modelo de negócio

O modelo de negócio é mais importante do que a ideia ou o produto/serviço, que é o que faz o empreendedor se apaixonar. O foco deve estar em satisfazer uma necessidade a um custo melhor ou de forma superior do o que já existe - ou ambas, como na estratégia do Oceano Azul. Para explicar isso, usaremos o exemplo da Netflix e da Blockbuster.

Recursos adicionais sugeridos

Para acessar esses recursos, clique no nome e você será redirecionado para a página correspondente.

Entrevista:

Podcasts:

Escreva-nos
Equipe Scalabl